5 de fevereiro de 2014

Capitulo 69 da #IB & #IBH *-*

II
A ligação terminou e o Justin não sabia mais o que fazer, ele temia por ele, porem temia mais ter que perder você.

Ele ficou tão apavorado que não pensou duas vezes antes de sair daquele quarto e arranjar um jeito de acabar com isso de uma vezes por todas. Mas alguém te impediu antes mesmo de chegar a porta de saída.

Xxx: Justin?
Jus: Cat? O que você está fazendo aqui?
Cat: eu encontrei com a (sn) na praia e peguei uma carona com ela pra cá, já que aqui era onde eu deveria estar.
Jus: legal. –ele vai saindo de perto dela mas ela o segura-
Cat: espera ai, onde você vai?
Jus: assuntos particulares.
Cat: eu acabei de chegar aqui e você vai me deixar falando sozinha? É isso mesmo?
Jus: me desculpa ta legal? Eu só não posso adiar esse meu compromisso.
Cat: sei...
Jus: a Demi ou a Miley estão em casa?
Cat: não, e foi por isso que eu estava indo falar com você.
Jus: sobre?
Cat: sobre você e a (sn), ela me contou algumas coisas no carro e eu não sabia o que dizer e...
Jus: você contou alguma coisa a ela?
Cat: não eu...
Jus: escuta aqui, você não tem o direito de se intrometer nisso entendeu? Ela não ficou sabendo de nada enquanto estava refugiada naquela boate e eu não pretendo que ela sabia.
Cat: nós somos amigas Justin, e eu estou fazendo o possível para não magoar ela.
Jus: que bom, continue assim.


Ele vira as costas e sai, deixando a Caitlin para trás um pouco assustada com ele.




Enquanto isso com você e o Hugo [...]


Você: caralho Hugo eu to muito chapada.
Hugo: eu também.
Você: isso foi muito, muito, muito legal mesmo!
Hugo: e eu já te levei em algum lugar ruim?
Você: não sei, agora eu não consigo pensar em nada.
Hugo: nós dois já chapamos, o que acha de irmos embora? Já está quase clareando.
Você: mas por que? –você faz voz de criança-
Hugo: por que a bicicleta não é nossa lembra? Temos que devolve-la.
Você: ah, é verdade eu nem me lembrava mais disso. –você ri-


Ao se despedirem de todos, menos aqueles que estavam desmaiados em cima do próprio vomito, vocês trocaram os números de celulares e prometeram se encontrar novamente. Você nem sabia de onde tinha saído toda aquela intimidade com aqueles estranhos mas tinha gostado da noite e deles também, por mais difícil que isso possa parecer.


Como é que você poderia imaginar que depois de conhecer o Romeu e levar tantos puxões de orelha, logo depois iria roubar uma bicicleta, parar em uma rua qualquer e fazer amigos, ficar bêbada e quase beijar o Hugo, e ainda como se não bastasse você iria voltar para devolver a bicicleta para o dono dela.



Você: ontem foi uma das minhas melhores noites aqui em NY. –você se segurava no Hugo para não desequilibra-lo na bike-
Hugo: eu já tivesse melhores.
Você: serio?
Hugo: na verdade não, mas eu quis ser o garoto descolado por alguns segundos.
Você: idiota.
Hugo: cala boca!
Você: ah é? Está bem, vamos ver como você se sai de olhos fechados. Aposto que não fica assim tão seguro.
Hugo: do que você está falando?


Você põem os dedos nos olhos do Hugo e o desafia, como vocês faziam quando eram mais novos, e ele aceita. Ele tenta com um pouco de dificuldade andar de bicicleta com os olhos vendados com as suas mãos.






Foi divertido ver o nervosismo do Hugo e tentar conduzir ele até o lugar onde você queria ir. Mas infelizmente isso não durou muito tempo e ele decidiu voltar e entregar logo a bicicleta para o dono. Você queria ficar mais um pouco mas também estava preocupada com a bicicleta, vai que o dono dela já tinha visto que ela não estava lá? Então sem discutir vocês dois seguiram de volta para a padaria.


Chegando lá foi bem fácil devolver a bicicleta, ninguém estava lá na frente então foi só colocar ela lá como se nada tivesse acontecido.


Hugo: eu não disse? É moleza.
Você: eu nem fiquei com medo.
Hugo: aham sei, imagina! Você quase teve um ataque cardíaco ontem.
Você: eu estava de boa.
Hugo: é claro que estava. –ele faz uma cara irônica-
Você: ah cala boa Hugo!
Hugo: o que eu disse?
Você: essa sua cara idiota.
Hugo: foi mal mas é a única que eu tenho. –você revira os olhos e ele ri-


A volta para casa foi calma porque você dormiu quase toda a viajem, as vezes até sentia uns carinhos no seu cabelo de leve, não tinha duvidas que era o Hugo. Quando vocês chegaram ele quis ir com você até o hotel mas você dispensou a companhia dele porque percebeu que ele estava tão cansado quanto você e então seguiu sozinha para o hotel.


Hugo: tem certeza disso?
Você: é, eu tenho. É melhor você ir dormir também, eu vou ficar bem Hugo não sou mais uma criança, sei me cuidar. –você faz careta-
Hugo: então tá, quando precisar da minha ajuda eu vou te lembrar disso. Que você sabe se cuidar muito bem sozinha e não precisa da minha ajuda.
Você: ah não faz drama.
Hugo: tudo bem... e sobre aquilo que quase aconteceu... é... eu acho melhor...
Você: serio que você quer conversar isso aqui e agora? Olha só pra gente Hugo, estamos no meio da estação e estamos um lixo, além de estarmos fedendo a álcool estragado. Nós vamos conversar sobre isso mas uma outra hora pode ser? Eu estou louca por um banho quente e acho que você também está.
Hugo: pode ser, mas tem que ser logo (sn).
Você: por que a pressa?
Hugo: eu vou voltar para o Brasil esqueceu? E você me encontra uma vez na vida e outra na morte, se demorar muito essa conversa não vai mais acontecer.
Você: você vai mesmo ir embora assim tão rápido? –você se esforça para não parecer tão triste-
Hugo: eu não sei depende do meu dinheiro, assim que eu consegui a grana e alguns trocados a mais eu vou.
Você: ah sim, então... tchau?
Hugo: é, tchau.

Ele te abraça meio sem jeito e segue para o outro lado da estação e você vai para a saída. Ao chegar na porta do quarto de hotel onde você, o Justin, a Demi e a Miley estavam hospedados você sentiu um grande alivio por ver que a porta estava destrancada e que você não precisaria acordar ninguém batendo na porta. Você tirou os sapatos e entrou na ponta dos pés mas se surpreendeu por ouvir alguns sussurros perto do seu quarto.

Quer dizer, era cedo demais para alguém acordar e por que os sussurros? Estranho, você pensou.


Você continuou indo para o seu quarto na ponta dos pés e quanto mais você se aproximava do seu quarto, mais os sussurros eram mais altos. Foi quando você percebeu que não estava errada, aqueles sussurros eram do Justin com alguém no seu quarto ou pelo menos perto dele.

Você chegou perto do corredor onde dava no seu quarto mas ficou tentada demais a esperar e ouvir mais um pouco. De longe pareciam sussurros mas dali onde você estava dava para ouvir em alto e bom som o que ele estava falando e pior, ele não estava sozinho. Você tinha duas escolhas: ou você entrava naquele quarto e acabava logo com isso ou você escutava escondida o que ele estava escondendo de você.

A segunda opção foi a que você escolheu por não querer ouvir mentiras se caso entrasse no quarto. Afinal, ouvindo um pouco o que ele estava falando sem saber que você estava ali poderia te ajudar a descobrir muitas coisas.

Olhou duas vezes para ver se eles estavam no corredor ou estavam no quarto e não se surpreendeu nenhum pouco ao ver que não tinha ninguém no corredor. Eles estavam no quarto e com a porta fechada. Você respirou fundo e se preparou pra o que estava por vir. Como uma criança curiosa você encostou a sua orelha na porta tentando não perder nada da conversa ou da transa que o Justin estava tendo na cama onde vocês dois dormiam juntos. Seu coração desacelerou quando você percebeu que não havia gemidos, só uma conversa mais para uma discussão.


Jus: eu não quero que você se intrometa nisso entendeu? A vida não é sua, é minha.

Xxx: eu só não acho certo.

Jus: e daí? Como eu disse antes, você não pode interferir em nada. Isso não cabe a você decidir, mas sim a mim.

Xxx: falando assim até parece que eu não estou envolvida na história Justin.

Jus: mas você não está! Entenda isso: você N-Ã-O faz parte dessa história; isso é entre eu e a (sn).

Xxx: quando foi que você ficou tão egoísta desse jeito? Você não era assim.

Jus: quer saber? Eu já estou cansado disso, você ficou me enchendo quase a noite toda e já está de manha e...

Xxx: e a (sn) ainda não voltou, é isso que você quer dizer?

Jus: isso também, mas eu sei com ela está, só não sei onde.

Xxx: você sabe?

Jus: ela está com o Hugo mas eu não sei onde, e isso me preocupa.

Xxx: quem é Hugo? Ah, deixa pra lá. Jus eu...

Jus: dá pra você sair do meu quarto? Porra cara!

Xxx: tudo bem... me desculpa.


Você sentiu que era a hora de entrar e ficou ainda mais decepcionada por não descobrir nada, mas ainda tinha a pessoa que estava lá dentro com o Justin. Quem seria?

Antes do Justin por a menina pra fora do quarto você entrou de cabeça erguida e se decepcionou de novo com o que você viu.


Você: bom dia! –você entrou jogando os seus sapatos em qualquer lugar do quarto e tirando a sua blusa para tomar um banho-

Jus: bom dia amor, onde você estava? –ele fala com você e ao mesmo tempo olha pra Caitlin totalmente paralisada no outro canto do quarto-

Você: Cat se você quiser continuar a conversa com esse individuo pode continuar, eu preciso tomar um banho, espero não ter atrapalhado vocês dois.

Cat: você não atrapalhou eu já estava saindo mesmo... tchau. –ela sai do quarto-

Jus: (sn)...


Você bate a porta do banheiro e liga o chuveiro, e ficou indignada e meio frustrada porque não tinha descoberto nada sobre o comportamento estranho do Justin. E quando você achou que ele estava com uma amante no quarto era apenas a Cat que por acaso você tinha chamado para ficar com vocês no quarto de hotel. Nada de estranho, pelo o que você viu ela só estava tentando te ajudar porque você pediu ajuda a ela quando vocês se encontraram na praia. A única coisa que estava te incomodado era como o Justin sabia que você estava com o Hugo.

Você sabia que não era difícil de descobrir que talvez você sairia com ele, mas ele falou com tanta firmeza como se soubesse que você realmente estava com o Hugo mesmo você não dizendo nada a ele, e a mais ninguém.

Como isso era possível?


Colocando a cabeça de baixo do chuveiro você tentava desvendar mais esse mistério idiota do Justin, por que ele estava fazendo isso? Por que não falava tudo e acabava logo com essa bobagem?

De uma coisa você tinha certeza, tinha muito o que conversar com a Cat.


Jus: ei (sn), você não vai ficar ai a vida inteira não é? –ele bate na porta- É serio, eu não aguento mais isso, por favor me responde. –esperando alguns minutos e vendo que você não iria responder ele acrescenta- Por favor (sn)!



Você sai do banheiro sem toalha e contra ele com os olhos confusos e tristes. Ele tenta esconder um sorriso quando você sai completamente nua do banheiro mas não consegue, e te olhando de baixo para cima ele fica sorrindo. Ele vai até você mas você desvia e vai pegar uma camisola o guarda-roupa, por algum motivo você  não se sentiu confortável daquele jeito perto dele.


Jus: o que é isso? Você vai vestir uma camisola? Ah, porque vai acabar com essa linda visão que os meus olhos estão tendo? –você não responde e ele para de sorrir- Você vai ficar me dando gelo pra sempre?


Você se deita na cama e fecha os olhos. É claro que você sentia um pouco de dó e o seu coração ficava apertado de tanto ficar tratando mal o Justin mas isso era preciso. Se não fosse isso, você não iria descobrir nunca o que realmente estava acontecendo com vocês.


Jus: (sn) eu não aguento mais isso ta legal? Fala comigo, eu odeio ser ignorado e você sabe disso. Ou se você quiser não precisa falar nada, só me escuta, pelo menos isso. Por favor.


Você abre os olhos e senta na cama colocando alguns travesseiros nas suas costas e esperando ele falar.


Jus: você fica linda brava sabia? –ele sorri mas você não retribuiu o sorriso- eu sei que você falou que nós só íamos conversar se eu falasse o porque eu estou agindo assim, mas você também tem que confiar em mim não é? Me dá uma chance, eu posso te recompensar por isso tudo (sn). Nós temos nossa casa agora e quando você levar as suas coisas pra lá nós...

Você: espera, quem disse que eu vou me mudar pra lá com você? E ´´nós´´? O que significa nós pra você Justin? O que eu vi até agora foi você liderando por onde eu devo pisar e onde eu devo parar. Você quer que eu fique toda boba porque você quer um relacionamento mais serio comigo e até comprou uma casa, olha você está muito enganado ao meu respeito. Quer que eu vá pra lá e esqueça tudo de ruim que aconteceu, que eu passe uma borracha em cima de tudo e confie em você não é isso? Pois eu te pergunto Justin, do que adianta fingir que nada aconteceu se eu estiver infeliz e ficar sempre na duvida sobre o que você diz?

Jus: você está infeliz?

Você: estou Justin, estou sim porque o homem que eu pensava amar de uns tempos pra cá só me faz sofrer e ainda por cima continua mentindo pra mim. Você não tenta concertar as coisas, você só quer colocar um tapete em cima de tudo e esconder a sua sujeira.

Jus: eu achava que você me amava.

Você: e o pior de tudo é que eu te amo, eu continuo te amando. Mas você parece não me amar mais.

Jus: mas eu amo, eu juro.

Você: quem ama quer o melhor pra pessoa amada e não ao contrario.

Jus: mas eu quero o seu bem, por que você está dizendo essas coisas?

Você: porque você tem a resposta para os meus problemas e a chave pra minha felicidade, mas você não compartilha elas comigo, você não quer me dar elas. Portanto você não quer o meu bem.

Jus: você fala de coisas que você não sabe (sn), não é tão simples assim.

Você: então faça ficar simples, é só me dizer.

Jus: eu te amo, eu te amo demais.

Você: mas isso não basta.

Jus: o que você quer que faça? O que você quer que eu diga?

Você: eu quero que você me diga a verdade, só isso.

Jus: mas... –ele a baixa a cabeça- eu não...

Você: isso é a única coisa que vai fazer o meu amor por você sobreviver, eu quero que você me diga que diabos está acontecendo e não saber por jornais ou outras pessoas. Eu quero que você seja sincero comigo, eu quero que nós voltemos a ser como antes onde eu não escondia nada de você e nem você de mim. É isso que eu quero.


Você deita na cama e fecha os olhos novamente, você sabia que ele não iria falar nada pra você então decidiu dormir. Ele precisava ser corajoso e você daria tempo há ele, por isso não conseguiu ficar com o Hugo mesmo estando bêbada, você ainda queria dar a ultima chance ao Justin.

Não queria beijar o Hugo e trair o Justin, você não teria coragem de fazer isso, por mais que tivesse vontade. Você precisava dar essa ultima chance ao Justin porque você acreditava nele, por mais que essa história fosse complicada ele tinha que saber que pode contar com você. Ele tinha que voltar a confiar em você e você a confiar nele. E se caso isso não acontecer não tem porque continuar com isso, pelo menos por enquanto. Porque estar junto com alguém exige sacrifícios, independente se ser o Justin Bieber ou um garoto normal, um relacionamento se baseia na confiança. Sem a confiança não há relação que dure, pode até durar mas nem de longe ia ser uma relação feliz.


Você tinha muito o que viver ainda não adiantava levar uma coisa que talvez não daria certo pra frente. Mas você amava o Justin.


Quem irá vencer, a lógica ou o coração?


Hey, tudo bem com vocês?

Eu vou tentar recompensar vocês pela demora postando o capitulo bônus que eu disse que ia postar semana passada, ok?

Eu não tenho muita coisa a mais pra falar então vamos aos comentários:






teté e a nova fic vc vai postar quando ? u.u eu não quero que ´´eu´´ fique com o hugo pq o biebs ta sofrendo pra não me fazer sofre (oq não ta adiantando nada) sei lá, eu so quero que o justin fique cmg e pronto u.u continua logo sua diva *-* -  Anônimo

Piolha eu já queria ter começado a postar mas eu quero terminar ela toda primeiro, assim eu posto um dia sim um dia não pra vocês. Calma ai, se caso ela fique com o Hugo não quer dizer que ela não possa voltar pro Justin, não é?




comassim? aposto que essa vaca que ta falando com o jus é a selena ¬¬ teté meu amr posta seilá 2 capitulos por semana ? pfpfpf continua sua fic é perfeita, mas não quero que ela fique com o hugo poxa :(( - Anônimo

Poxa se eu pudesse eu postaria é que não me sobra tempo :c




(ESPERO QUE NAO IGNORE ESSE COMENTARIO) olha sou leitora antiga e acho que essa imagine so perde pra soul rebel e cara tipo assim: isso é um imagine BELIEBER entao obviamente "eu" tenho que ficar com o justin. Hugo totalmente dispensavel. – anônimo

Se caso eu não respondesse o seu comentário não quer dizer que eu estaria ignorando ele piolha, eu leito todos os comentários mas respondo apenas alguns. Enfim, como eu respondi no primeiro comentário se ela ficar com o Hugo não quer dizer que ela vá terminar com ele. Ela pode voltar pro Justin como pode também não voltar, isso vocês vão descobrindo aos poucos.




So acho que Vc não tem direito de escolher nada pq Vc demora mt pra posta...Mais ne – anônimo

Eu achei que a fic era MINHA e que MINHA imaginação poderia escolher o que ela quisesse mas se você acha... sem querer ser grossa contigo piolha mas é que isso me chateou um pouco '-'





OMG como assim? To achando que "eu" amo o hugo, e o que eu sinto pelo justin é só uma adoração já que eu sou belieber, era mais um desejo e pa, mas sl. To ficando com dó do hugo e pela vez to shippando um casal que "me envolve" mas n envolve o justin em uma ib, enfim. To amando, to ficando com duvida, ta pfta, bjs. - @DearKidrauhl1D

Isso é o que eu tenho fazer, deixar vocês em duvidas psoksspok u.u







13 comentários:

Anônimo disse...

Primeiraaaaaa? Amoooo sua ib , mas tu me deixou curiosaa , e voce podia postar mais caps por semana née, mas ta perfeito continua

Anônimo disse...

steeeephs só p avisar eu n comentei no ultimo capítulo,pq o blog não ta me deixando comentar eh,masss tu me deixou mtmt curiosa,continua o mais rapido possível ok? Ok! U.u
bj no core bye
-t.bea xx

Anônimo disse...

Oii piolha (assim como você mesmo diz kk), sou leitora nova amor. Estou amando, já li todos os capítulos, to amando muito. Me deixou muito curiosa heim piolha. Não liga para os comentários idiotas não porque isso não vai fazer você para de escrever mesmo, você é perfeita continue assim pfvr :3 kiss flor até o capítulo 70 \õ/ (Não demora pfvr, se não eu vou morrer)

GabrielaM.

Anônimo disse...

Olha teté, minha linda, vc tem uma ótima mente, mas se "eu" ficar com o Hugo eu paro de ler sua IB,sem ofenças, até pq eu amo ela, mas eu paro, pra mim vai ser muita canecagem, pfvr cara, eu não posso amar uma pessoa responsável por um passado cheio de sofrimento e "prostituição" como a pattie achou que fosse, por mais que ele esteja arrependido, vamos perdoar, mas ter alguma coisa não, tou aqui é pra ter uma imaginação boa com o Justin, ja que não posso ter uma realidade e TETÉ ... VC TA ESTRAGANDO MINHA IMAGINAÇÃO PFT :'( não tou aqui pra perder tempo com o hugo nem que seja por pouco tempo. Pfvr cara, não deixa isso acontecer, a maioria não quer isso e principalmente as leitoras antigas como eu :3. Sei que vc ta lendo isso, e não leve nada do que eu falei aqui a mal, te admiro muito, e a tua IB tbm, claro :3 , beijão :*

LayssaS.

Anônimo disse...

Já tinha raiva do hugo quando ele apareceu dos canfundós, em um momento em que eu e o Justin estavamos perfeitamente bem e ajudou meu pai a fazer aquela merda, nunca que eu ia largar o Jubs pra ficar com esse babaca ridiculo -,- desculpa, mas não tete (minha opnião) - Bibi Vascos :€

estefany teka disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
estefany teka disse...

Então Teté, não ligue para os comentários desagradáveis, pois sua IB é perfeita. E você sabe oque escrever para nis agradar, eu só queria uma coisaa :'( faça logo o Justin contar oque está acontecendo pois esse amor que "eu" tenho por ele está se desgastando...
mais não vou parar de ler sua IB pois acho perfeita de mais pra deixa-lá de lado...



Divulgar pra mim??
http://imaginebelieberbeliever.blogspot.com.br/?m=1

Larissa Sousa disse...

Então to acompanhando a historia desde de ontem eu to amando chorando. Tomare que td de certo pro Justin e pra s/n , eu sei que sou eu na historia mas n consigo pensar assim kk . COONTINUE PFV

Nicole Monteiro disse...

mano que povinho chato, o hugo é legal, e tem algo de muito errado acontecendo,mas esse mistério tá interessante , continua

Anônimo disse...

Ai, tem uns comentarios tão desecessarios. FODA-SE se ela não posta toda segunda, certinho. ELA TBM TEM VIDA!! FODA-SE se ela enventou o Hugo, nos fez odiá-lo e depois, algumas,m amà-lo. Todo relacionamento tem uma parte em que um terceiro(a) entra na historia. FODA-SE se ela nao é a Soul Rebel. A IB & IBH tem 69 capitulos perfeitos! @GabrielleJBDL

Anônimo disse...

eu fiquei super feliz quando vc respondeu meu comentario, eu amo dms sua fic <33
sua vida é mt corrida, eu sei, mas como vc posta 1 vez por semana, tenta fazer capitulos maiores ? pfpfpf, estou mt ansiosa para o proximo <3 bj

Anônimo disse...

e esse segredo ai que ninguém sabe , tá tenso ,continua

Anônimo disse...

kero mais, mesnina!

Postar um comentário

Piolhas são os seus comentários que me motivam a continuar imagine, então comentem e divulguem bastante. Ah comentários tipo só com ''CONTINUA'' não vale, fica a dica viu :)